quarta-feira, 8 de outubro de 2008


ABRIGO

assim
reencontro
quando por ti
venero

pois
que entre nós
é tudo tanto

pois
que do teu olhar
forma despudorada
meu canto.

Cgurgel

4 comentários:

cacau senra disse...

Que simplesmente lindo!!!!!

Mulher na Janela disse...

a sua lírica de ruídos e delícias é lírio aos nossos olhos!

gostei do que vi e li. voltarei mais vezes!

abraços poéticos!

Samira disse...

LINDO COMO VC GURGEL
1001 BJUS

Poeta Carlos Maia disse...

Do caracolis, Gurgel!!!
GRANDE!!!
Parabéns!!!