sexta-feira, 8 de maio de 2009


NADA
( p/ Anadyr)

nada
nadinha
diz mais
do que a fonte sagrada
do amor

nada absolutamente nada
é maior
do que teu sorriso
revelador

um tanto do muito do tudo do que preciso

nada
assim eu sei
que absolutamente nada
se compara
a sua infinita luz.

Cgurgel

3 comentários:

Moacy Cirne disse...

Oi, cara

Há duas (ou três) surpresas no Balaio.

Abraços.

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Embora não deixe "comentários" (poderiam ser muito idiotas), venho sempre aqui, e é sempre muito bom.
Parabéns e obrigada pelo trabalho!
http://curiosaidentidade.blogspot.com/

Lara Félix disse...

Estamos aí...
Gosto do que vc escreve, é leve e forte!!!
Um grande abraço.